“NÃO SE COMBATE CRIMES COMETENDO CRIMES”

“Estado de Direito não comporta soberanos. Todos estão submetidos a lei”
“Se nós deixamos de aplicar à lei,estamos perdemos a razão”
(Gilmar Mendes)
“Se a lei cessa de proteger nossos adversários, virtualmente, cessa de nos proteger” – Rui Barbosa
Ao assistir a palestra do ministro Gilmar Mendes, “Brasil desafios da governabilidade” proferida em Recife, para um Grupo de Líderes Empresáriais e observei o quanto ele está sendo caluniado e difamado nas redes sociais, pelo uso de partes da palestras, mas fora do contexto.
A palestra é de extrema importância para se entender o que ocorre na política nacional e a extrema necessidade de uma REFORMA POLÍTICA.
E vou citar um exemplo: Gilmar Mendes disse que existe excesso nas investigações no sentido de que as investigações não devem ser feitas sem a devida necessidade. Não se pode abrir um inquérito baseado em uma suposição, sabendo que NADA FICARÁ PROVADO.
Explico: Alguém entrou em contato com várias autoridades para pedir um determinado cargo e ele foi nomeado para o cargo.
Suposição: “pode ser que ele tenha se comprometido a decidir em favor de investigados da Lava Jato. Crime de obstrução da justiça”
Abre-se o inquérito “qual o objetivo desse inquérito?Alguém vai provar que ele negociou alguma decisão? Claro que não.
POR QUE?
PORQUE NÃO EXISTE POSSIBILIDADE DE SE PROVAR AQUILO QUE FOI SUPOSTAMENTE CONVERSADO..
O INQUÉRITO É APENAS PARA CONSTRANGER O INVESTIGADO.
CONSTRANGER MEMBROS DO JUDICIÁRIO
E NISSO QUE ESTÁ O EXCESSO.

Para assistir o vídeo clique aqui

Deixar uma resposta