Jorge Roriz – Jornalismo de Excelência

Nova conflito de facções no Rio Grande do Norte

Um novo conflito entre presos está ocorrendo neste momento no Rio Grande do Norte,  no presídio Rogério Coutinho Madruga, conhecido como pavilhão 5 de Alcaçuz.

Do lado esquerdo, perto do pavilhão 4, estão os integrantes do Sindicato do RN e, do lado direito, os do PCC. Armados com barras de ferro, paus e pedras, eles montaram barricadas com grades, chapas de ferro dos portões, armários e colchões.
  Até o momento não há registro de mortes. Pedras, barras de ferro e vigas de madeira são arremessadas de um lado a outro.

Os presos estão soltos no pátio do presídio. Um grupo está provocando o outro. A qualquer momento pode ocorrer um enfrentamento maior e mortes. A PM está fora do presídio.

Ontem (18), 220 presos ligados à facção Sindicato do RN foram retirados de Alcaçuz e levados para a Penitenciária Estadual de Parnamirim, de onde detentos foram retirados para serem transferidos a outras prisões.

O governo federal anunciou que as Forças Armadas vão fazer varreduras nos presídios para retirar celulares e armas, sem lidar diretamente com os presos. Amazonas, Rio Grande do Norte e Roraima já solicitaram o apoio.

Mas o exército só poderá chegar após dez dias. Eles estão sendo treinados