Nova "denúncia" na Folha de São Paulo agora contra Geraldo Alckmin

A reportagem da Folha de São Paulo informa que a empresa Croc Services formalizou proposta de R$ 8,7 milhões à campanha de Geraldo Alckmin (PSDB) à Presidência, usando nomes e números de celulares obtidos pela própria agência, e não pelo candidato.

Conforme você podem ler acima, a Croc Services formalizou proposta … vamos repetir … formalizou proposta DE ORÇAMENTO

O coordenador da área digital da campanha de Alckmin afirmou que a campanha não aderiu ao serviço oferecido e utilizou apenas uma base de telefones de militantes e membros do PSDB para enviar mensagens.

A Folha anexou uma proposta de orçamento como uma “suposta prova de disparo de mensagens.”

Desde quando um papel escrito ‘orçamento’ pode ser usado como prova de algo?