Jorge Roriz – Jornalismo de Excelência

NOVA PESQUISA DO MERCADO: HADDAD VENCE NO 2º TURNO E REJEIÇÃO A BOLSONARO DISPARA

A nova pesquisa XP/Ipespe acaba de ser divulgada e traz boas notícias para o candidato Fernando Haddad, do PT, que representa o ex-presidente Lula na disputa; Haddad vence Jair Bolsonaro por 43% a 39% na simulação de segundo turno; no primeiro, Bolsonaro ainda aparece na frente, mas sua rejeição disparou e chegou a 60%; o número de mulheres que votam nele é também cada vez menor; ou seja: se as eleições fossem hoje, Haddad seria presidente.

Segundo pesquisa XP/Ipespe, realizada entre os dias 24 e 26 de setembro, a distância entre o primeiro pelotão e o segundo agora chega a 10 pontos percentuais, o dobro do que se observou uma semana atrás. O levantamento está registrado no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) com o código BR-00526/2018 e tem margem de erro máxima de 2,2 pontos percentuais para cima ou para baixo.

Na pesquisa, Bolsonaro manteve a liderança isolada da corrida, mas estacionou aos 28% das intenções de voto. O desempenho é superior em 5 p.p. ao registrado três semanas atrás, antes do atentado a facada sofrido pelo parlamentar durante ato de campanha em Juiz de Fora (MG). Com apoio de 32% dos eleitores no Sul e 31% no Sudeste, além de 33% na classe C, o deputado diminui espaços para adversários na via antipetista. Por outro lado, uma de suas fraquezas consiste na expressiva diferença de 15 p.p. entre o apoio do eleitorado masculino (36%) e feminino (21%). Tais fatores podem prejudicá-lo em eventual disputa de segundo turno e até mesmo torná-lo alvo dos efeitos de possível perda de apoio para o chamado “voto útil”.