Nova “rebelião” foi controlada em Natal- RN

Um novo motim teve início na madrugada desta segunda-feira, 16, e durou aproximadamente três horas. Segundo o diretor do estabelecimento, Alexandro Coutinho, cinco agentes carcerários faziam guarda no presídio no inicio do fato.

Os detentos ameaçavam invadir o Pavilhão 2, onde estão encarcerados os presos de melhor comportamento e que ajudam nos serviços gerais do presídio

A rebelião foi controlada pelos agentes carcerários do Grupo de Operações Especiais (GOE). De acordo com a administração da unidade, não há registro de mortos.

Os detentos informaram à direção que o motim foi uma represália ao massacre registrado no sábado, 14, na Penitenciária Estadual de Alcaçuz, em Nísia Floresta, na região metropolitana de Natal.

Membros do sindicato do crime  do Rio Grande o Norte, disseram que a resposta ao PCC não ficará somente dentro das unidades carcerárias. ELES VÃO MATAR MEMBROS DO PCC QUE ESTIVEREM FORA DA PRISÃO.( Informações do Estadão)