Jorge Roriz – Jornalismo de Excelência

O Bolsonarista Arthur Lira presta um desserviço ao país

BRASÍLIA –  Minutos após a derrota da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que permitia o retorno do voto impresso, o presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), insistiu em mudanças no sistema de votação e defendeu que os poderes se unam para encontrar uma alternativa.

“É importante que haja bom senso, de agora em diante, por parte do Poder Executivo, por parte do Poder Judiciário, para que todos nós possamos nos sentar e escolher uma maneira racional, clara e objetiva de aumentarmos a transparência e a auditagem, as dúvidas que por acaso possam pairar ainda sobre o sistema eleitoral, da forma como se conduz, dúvida de alguns brasileiros, de muitos brasileiros, que tem que ser respeitados”, afirmou.

01 – O VOTO NO SISTEMA ATUAL EM VIGOR JÁ É AUDITÁVEL

02 –  NÃO EXISTE PROVAS DE FRAUDES

03 – A DISCUSSÃO DO VOTO IMPRESSO ESTÁ ENCERRADA  E NÃO HAVERÁ MUDANÇAS NO SISTEMA DE VOTAÇÃO. FALAR EM ENCONTRAR ALTERNATIVAS É ACENDER UMA DISCUSSÃO QUE ESTÁ ENTERRADA.

04 – NÃO EXISTEM DÚVIDAS DA LISURA NA APURAÇÃO DOS VOTOS.

Não é difícil entender que o presidente da Câmara,  Arthur Lira.  é bolsonarista e por isso ainda não acatou um dos mais de cem pedidos de impeachment de Bolsonaro