Jorge Roriz – Jornalismo de Excelência

Governo Cubano , faz campanha internacional contra impeachment legal de Dilma

Na mensagem datada de 15 de maio, o governo cubano descreve o conteúdo da declaração como sendo “sobre o golpe do Estado parlamentário e judicial no Brasil”.

Em anexo, os diplomatas que abriam o documento podiam ler a declaração assinada em Havana no dia 12 de maio e já publicada que acusava Temer de ter “usurpado o poder”, apoiado pela “grande imprensa reacionária e o imperialismo”.

Dilma, Lula, o PT e o povo do Brasil contam e contarão sempre com toda a solidariedade de Cuba”, indicou a nota, que ainda denuncia as “manobras” da “oligarquia” e a “contraofensiva reacionária”.

O e-mail com a declaração foi direcionado para altos dirigentes da Organização Internacional do Trabalho, Organização Mundial do Comércio, para o Comitê Internacional da Cruz Vermelha, para a secretaria da ONU, Alto Comissariado da ONU para Refugiados, Organização Mundial da Saúde, União Internacional de Telecomunicações, UNAids, para o Programa da ONU para o Desenvolvimento e para o Programa da ONU para o Meio Ambiente, além de várias outras.

O PROBLEMA DOS CUBANOS É QUE ELES VÃO PERDER  AJUDA FINANCEIR ILEGAL QUE LULA E DILMA FAZIAM, USANDO O DINHEIRO DO POVO BRASILEIRO.

 

One Comment
  1. Fidel Castro está em desespero porque vai perder uma boa grana que Lula e Dilma enviavam para Cuba pelo contrato feito de enviarem os Mais Médicos ao Brasil. Uma fortuna indo todos os meses para os cofres de Cuba, sem falar que se esqueceram da aposentadoria que Lula e Dilma pagavam para Fidel Castro e para a Viuva de Che Guevara, que nunca trabalharam pelo Brasil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.