O pronunciamento da presidente do STF e sua verdadeira interpretação

Alguns jornalixos consideram que o pronunciamento a ministra Cármen Lúcia é um indício de que o HC será aceito

Não é verdade. ( acredito que o HC será negado). A decisão de Cármen Lúcia é apenas um voto. Ela não decide sozinha.

O voto de desempate será da ministra  Rosa Weber

O recado foi dado para todos os que desejam a aceitação do HC como para os que rejeitam.

A quem interessa  guerra civil, desordens, ingovernabilidade, desobediência civil? Aos comunistas e aos inimigos do Brasil.

Se o STF pode ser pautado por ameaças e desordens e pressões populares é melhor fechar o STF e acabar com as leis. O povo decide qualquer pendenga jurídica.

O STF vai tomar uma decisão e tem o direito de tomar sem pressões sejam elas de quem for.

A pressão favorece a Lula

Porque se o STF não aceitar o HC, vão dizer que foi por causa da pressão.

Não é assim.

Se podem tomar uma decisão,  pode ser favorável o não a aceitação do HC.

Seja lá qual for a decisão, não será definitiva. Tanto Lula pode ser preso e em pouco tempo ser solto, como ele pode não ser preso, até o trânsito e julgado.

Usem as vias legais. Nada de violência e inconformismos. Respeitem as divergências.
Este foi o recado dela.

Embora defendo o pronunciamento de Cármen Lúcia, tenho uma crítica a fazer: Cármen Lúcia é culpada pela confusão e caos, por não ter colocado em votação as Ações Diretas de Constitucionalidade, que tem  efeito vinculante e a decisão acaba com a dubiedade. Serve para todos os condenados.

Jorge Roriz.