Jorge Roriz – Jornalismo de Excelência

O Rei está nu – Bolsonaro caindo nas pesquisas

Bolsonaro Pinóquio

A decadência do Bolsonarismo ´- CPI deixou o rei nu

O   povo brasileiro não aceita retrocesso. Nosso país viveu 22 anos com um regime militar, torturas, censura, leis arbitrárias, presos políticos e ninguém deseja voltar a esse regime, que é sonhado por Bolsonaro.

Minha luta contra o Bolsonarismo é longa, e eu me sentia solitário ou com pouco apoio. De repente, o país acordou, embora de forma tardia, o perigo que representa o Bolsonarismo.

Brasil em decadência na saúde, na economia e democracia

Divisão de brasileiros, guerra civil, miséria, isolamento do mundo, falta de liberdade, arbítrio, pobreza, desrespeito as leis e a ordem, mais mortes e miséria, perda de direitos já adquiridos, em fim, um regime não democrático. Esse é o sonho Bolsonarista.
O tiro dos seus generais ameaçando a CPI, saiu pela culatra. O povo brasileiro parece que despertou do sono profundo e de repente, Bolsonaro passou a despencar na pesquisas.
Muito antes da pandemia, aqui escrevi sobre o perigo que o Bolsonarismo representava, mas ele inebriava a maioria do povo.

A Importância da CPI em esclarecer os crimes

O povo brasileiro passa a entender, graças a CPI, que não existe heróis e nem mitos e que o homem que pregava o combate a corrupção e se gabava de que era único não corrupto mentia. Ele está envolvido no escândalo das vacinas e tanto isso é verdade que reagiu com palavras chulas, ameaças a democracia e não tem a coragem de desmentir os irmãos Miranda. Se ele foi avisado pelos irmãos Miranda e disse saber até quem estava envolvido e nada fez para punir, ele prevaricou e era cúmplice.




Não sou adepto de Lula, mas se o povo elege-lo, não posso ser contra a vontade da maioria. Defendo acima de tudo a democracia. Ameaçar a retirada das eleições é confissão que ele sabe que será derrotado e deseja implantar uma ditadura e se perpetuar no poder.

Não é por acaso que ele prega o armamento, apoia PM rebeldes e forma milícia, pensando na guerra civil que ele sonha.
No assunto, pandemia, quem não tem um parente ou amigo conhecido que morreu por falta de vacinas?

Basta dizer que está documentado. A OMS, através do Consorcio FACILIT, ofereceu ao Brasil para venda, um número de vacinas para imunizar, 20% de nossa população. E o governo Bolsonaro fez a opção por receber o número de vacinas para receber apenas 10%. Isso está documentado pela OMS

Não existe prova maior que Bolsonaro não teve interesse em salvar os brasileiros. Ele pretendia apenas se reeleger, não se importando com quantas pessoas poderiam morrer. Abre tudo, quem morreu, morreu, e quem foi contaminado e se recuperou, mesmo tendo sequelas, está imune. Esta é a teoria do rebanho.

Por isso que ele estimulava as aglomerações para contaminar um maior número de pessoas possíveis. Além de optar pela morte, a teoria é anticientífica, porque as pessoas contaminadas podem se reinfectar, além de continuar transmitindo e matando mais brasileiros.
Diante das provas que a CPI dispõe. Só resta aos brasileiros, ir para as ruas e exigir o impeachment daquele que jamais deveria ter sido eleito, por sua falta de preparo, por sua falta de amor ao próximo, por sua incompetência, por sua indiferença as mortes dos brasileiros. Ele quer levar o país a uma guerra civil.

A redução dos casos e mortes em todos os países que levaram a sério a vacinação, prova que a CIÊNCIA venceu o negacionismo. pregado por Bolsonaro. Suas teorias mataram muitos brasileiros, sem vacinas ou que usaram medicações não recomendadas pela ciência.

Descobrimos através da CPI que o negacionismo não era apenas ignorância. Era negócios. Visava LUCROS FINANCEIROS.

O povo passou a entender que não existe paz, prosperidade, progresso, sem política. E o ódio despertado pelo Bolsonarismo aos políticos, chamando todos de ladrões, e a premissa que ele era o único honesto, não passa de uma farsa. Bolsonaro se associou ao Centrão para se manter no poder e em troca passou a lotear o país com os corruptos. Negociações políticas, acordos políticos são essenciais para se conviver com a democracia e o respeito as diferenças e com os representantes de várias correntes de pensamento. ACORDOS DE FALCATRUAS E DE CORRUPÇÃO PARA ROUBAR E MATAR, ISSO É CRIMINOSO. MAS FOI ISSO QUE BOLSONARO FEZ.
O REI ESTÁ NÚ.

Jorge Roriz – Jornalista.