O risco da desconfiança

“O clima de descrédito da população nas instituições é um sinal de alerta para quem deseja empreender ou investir. Não há dúvida de que, nas duas últimas semanas, investir no Brasil ficou mais arriscado.”

“A desconfiança da população no Estado e em suas instituições é um péssimo prelúdio para as eleições de outubro. Em vez de aproximar o eleitor do processo político, evidenciando sua responsabilidade na hora de votar, tal descrédito traz novas dúvidas sobre a democracia representativa. O cidadão sente-se pouco relevante no processo político.”

“É urgente que os Três Poderes, cada um na sua esfera, colaborem efetivamente para que se restabeleça a confiança da população no poder público”

“O Congresso e o Judiciário têm igual responsabilidade neste trabalho de resgate da confiança da população, pois também são responsáveis pela atual situação.”

Fonte: Estadão.

Descrença do povo na política
Descrença do povo na justiça.
Previsões sombrias de piora da economia.
Se desejamos o bem da nação e a não volta do petismo ao poder, precisamos mudar esse quadro, (Jorge Roriz)

Leia o Editorial completo do Estadão