Jorge Roriz – Jornalismo de Excelência

OMS aprova a vacina Coronavac para o consórcio Facilit

A Organização Mundial de Saúde (OMS) aprovou, nesta terça-feira (1º), o uso emergencial da CoronaVac, vacina contra a Covid-19 desenvolvida pelo laboratório chinês Sinovac. A vacina é a sexta a receber essa aprovação pela entidade e é uma das três que estão sendo usadas no Brasil.

Com base nas evidências disponíveis, a OMS recomendou a vacina para uso em adultos de 18 anos ou mais, em um esquema de duas doses com um espaçamento de 2 a 4 semanas.

Com a aprovação emergencial da OMS, a Coronavac pode passar a ser comprada e incorporada ao consórcio Covax Facility, para distribuição em escala global.

A autorização também abre o questionamento se brasileiros imunizados com a Coronavac passariam a ser aceitos em locais adeptos do “passaporte de vacinação”.

A entidade afirmou que a vacina “atende aos padrões internacionais de segurança, eficácia e de fabricação”, e que “seus requisitos de armazenamento fáceis a tornam muito gerenciável e particularmente adequada para cenários de poucos recursos”. A CoronaVac pode ser armazenada em temperatura normal de refrigeração (2ºC a 8ºC), que é a usada na cadeia de frio do Brasil.

A OMS recomendou a vacina Coronavac para pessoas a partir de 18 anos, sem limites de idade. E destacou que a Coronavac tem 100% de ´proteção para casos graves.

As vacinas da Pfizer, Fiocruz/AstraZeneca; Janssen, Covishield, Moderna,  Sinopharm, já fazem parte do Consórcio Covax/ Facilit.  A Sinovac/Coronavac passa a integrar este seleto grupo das vacinas aprovadas pela OMS.

 

Jorge Roriz