Jorge Roriz – Jornalismo de Excelência

OMS diz que números de mortes de Covid são três vezes maiores do que os anunciados

Membros da Organização Mundial da Saúde (OMS) afirmaram nesta sexta-feira (21/05) que os números oficialmente contabilizados de mortes provocadas direta ou indiretamente pela pandemia da Covid-19 são três vezes maior do que os anunciados. Constituem, provavelmente, “uma significativa subcontagem”.

“Esse número pode, na verdade, ser duas ou três vezes maior. Eu acredito que de seis a oito milhões de mortes podem ser uma estimativa prudente — disse a diretora assistente da Divisão de Dados e Análises da OMS, Samira Asma, em uma entrevista coletiva virtual.”

A OMS estimou em 1,1 milhão a 1,2 milhão as “mortes em excesso” na Europa durante 2020, o dobro das 600 mil mortes relatadas.

Já nas Américas, o número de mortes em excesso foi de 1,3 milhão a 1,5 milhão em 2020, 60% maior do que o número de mortes pela Covid-19 relatado, de 900 mil.

O analista de dados da OMS William Msemburi ressaltou que essa projeção inclui tanto mortes por Covid-19 não registradas oficialmente quanto as mortes indiretas por outras doenças provocadas pela falta de capacidade hospitalar e pelas restrições à mobilidade, entre outros fatores.