Jorge Roriz – Jornalismo de Excelência

Operação petralha: abafa o caso – O desmonte da Polícia Federal

O  líder do PSDB na Câmara, deputado federal Carlos Sampaio (SP), atacou duramente, nesta quarta-feira (6), o que classifica de “desmonte da Polícia Federal promovido pela presidente Dilma Rousseff”.

“O desmonte da Polícia Federal é real e geral. Temos que combater isso com veemência! Recebi vários vídeos de delegados da PF indicando que a situação chega a ser desesperadora. Se não liberam recursos nem para o pagamento de contas de energia no Paraná, onde está concentrada a investigação do maior caso de corrupção do mundo, imagine a situação no restante do País?”, questionou Sampaio.

De acordo com o Siafi (Sistema Integrado de Administração Financeira do Governo Federal), apenas 10% dos recursos previstos para investimentos no Departamento de Polícia Federal foram efetivamente gastos em 2015. E o orçamento previsto para 2016, em termos nominais, ainda é 6% menor em comparação ao ano passado. Considerada a inflação do período, que atingiu cerca de 11%, o corte chega a quase 20%. “Isso demonstra que o combate à corrupção é apenas mais uma ação de marketing dos Governos petistas”, afirma o líder tucano.

Segundo o líder, “este Governo, inventado pelo ex-presidente Lula, nada mais é do que uma sequência de seus dois mandatos. O PT tornou-se especialista em falar e fazer tudo ao contrário. Na campanha, Dilma disse que protegeria o trabalhador e em seguida retirou diversos direitos da classe; criou o slogan Pátria Educadora e fez o maior corte de recursos justamente no Ministério da Educação; agora, diz que não teme as investigações sobre a corrupção que dominou o Governo Federal, mas não permite que os investigadores da Lava Jato tenham dinheiro sequer para combustível dos veículos usados nas operações”, disse Sampaio.

O líder do PSDB ressalta, ainda, que a PEC 412, que prevê autonomia financeira e orçamentária da PF em relação ao Ministério da Justiça, é uma proposta que se arrasta há anos no Congresso sem conseguir furar o bloqueio da base aliada do Governo para ser analisada. “Toda ação que for em favor de reforçar a atuação da PF e dos órgãos de segurança receberá o apoio do PSDB. E vamos pedir a convocação do ministro da Justiça para explicar essa denúncia e detalhar como a falta de recursos pode afetar também a vigilância das nossas fronteiras, por exemplo”, concluiu Sampaio.

Da Liderança do PSDB na Câmara

NA ÚLTIM CAMPANHA ELEITORAL E NO  DISCURSO DE POSSE, DILMA MENTIU, AO DIZER QUE SEMPRE DEU TODO APOIO A POLÍCIA FEDERAL.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.