Jorge Roriz – Jornalismo de Excelência

Oposição denuncia Cardozo à PGR por improbidade administrativa

O líder do DEM na Câmara, Pauderney Avelino (AM), entrou nesta terça-feira (10) com representação na Procuradoria-Geral da República contra o advogado-geral da União, José Eduardo Cardozo (PT). O oposicionista alega que o ministro cometeu improbidade administrativa e extrapolou suas atribuições ao defender que a presidente Dilma Rousseff é vítima de um golpe. “A linha de defesa adotada pelo ministro Cardozo tem ultrapassado os limites impostos pela lei”, afirma o deputado.

Para o líder oposicionista, ao se referir ao impeachment como golpe, por exemplo, o ministro fere princípios básicos da administração pública. “Viola os deveres de honestidade, imparcialidade, legalidade, e lealdade às instituições”, defende. “Tais condutas geram flagrante violação dos princípios que regem a administração pública, uma vez que a AGU tem a responsabilidade de atuar no interesse dos três poderes da União e não apenas na defesa da presidente”, acrescenta Pauderney.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.