Paris – Na embaixada brasileira, absorventes amarrados em protesto a decisão de Bolsonaro

Em uma intervenção simbólica em frente à Embaixada do Brasil em Paris, no 8º distrito da capital francesa, um grupo de brasileiras organizou um protesto contra a decisão de Bolsonaro que vetou a distribuição de absorventes para mulheres carentes. O prédio acordou neste domingo com centenas de absorventes em sua fachada, muitos deles com a frase: “as mulheres vão te derrubar”.
As brasileiras amarraram absorventes na grade da embaixada.

“A embaixada é um lugar simbólico e é uma referência para os brasileiros. Sempre que possível, organizamos atos no local. Foi uma ideia que tivemos anteontem, em torno do veto da distribuição gratuita dos absorventes higiênicos para a população feminina vulnerável”, explicou a jornalista e escritora Marcia Camargos, representante do grupo militante Alerta França/Brasil, à RFI.

“Por isso escolhemos a embaixada. Isso será divulgado e a comunidade internacional agora talvez se dará conta de que ele [Jair Bolsonaro] foi capaz de chegar a esse ponto”, declarou.

Durante o ato, as brasileiras amarraram absorventes higiênicos com frases de protesto escritas em vermelho, em alusão ao fluxo menstrual, nas grades do prédio da embaixada brasileira na capital francesa, situada perto da Avenue Montaigne, uma das mais sofisticadas de Paris.

“Amarramos com cordinhas, não usamos cola, tinta ou outros materiais que pudessem deteriorar o patrimônio. Sempre temos esse cuidado. Levamos os varais prontos ”, diz Marcia, explicando que atos como o de hoje são “clandestinos” e não têm como objetivo reunir centenas de pessoas. “Chegamos sem avisar”, diz.

Optimized with PageSpeed Ninja