Parlamentares pedem investigação e afastamento de ministros após vídeo

Senadores e deputados da oposição entraram nesta sexta-feira (22) e sábado (23) com pedidos de investigação e afastamento de ministros junto ao Supremo Tribunal Federal e à Procuradoria Geral da Repúlica. As representações foram motivadas por declarações dadas em reunião com o presidente Jair Bolsonaro no dia 22 de abril, cujo registro em vídeo foi divulgado integralmente.

São alvos das ações Ricardo Salles, da pasta do Meio Ambiente; Damares Alves, da Mulher, Família e Direitos Humanos; Abraham Weintraub, da Educação; e General Augusto Heleno, do Gabinete de Segurança Institucional (GSI) da Presidência da República.