Parque das onças no MS tem apenas um funcionário

Parque das onças no MS tem apenas um funcionário

Quase todo consumido pelo incêndio que devasta o Pantanal,
Um dos maiores refúgios de onça-pintada do mundo, o Parque Estadual (PES) Encontro das Águas, conta com só um funcionário, não tem sede ou plano de manejo e dispõe de orçamento de R$ 45.120 para este ano —ou R$ 123,6 por dia.

“Mal dá para deslocar mensalmente uma equipe de Cuiabá para visitar o parque. Não tem plano de manejo, não tem gestão. Isso tudo dificulta”, afirma o biólogo Fernando Tortato, que pesquisa as onças da região há dez anos. “O parque está pegando fogo. Quem eu devo contactar? Qual plano de manejo orienta? Não tem nem por onde começar.