Jorge Roriz – Jornalismo de Excelência

PASTOR SILAS MALAFAIA É CONDUZIDO COERCITIVAMENTE PARA DEPOR

O pastor evangélico Silas Malafaia é acusado de emprestar a instituição dele para ajudar a ocultar dinheiro e foi conduzido coercitivamente para depor.

 

Um esquema de corrupção de cobrança de judiciais de royalties da exploração mineral está sendo desbaratado nesta sexta-feira (16) pela Operação Timóteo, da Polícia Federal, que cumpre mandados de prisão e de busca e apreensão nesta sexta-feira (16) em 11 estados e no Distrito Federal.

Marco Antonio Valadares Moreira, diretor do Departamento Nacional de Produção Mineral (DNPM), é suspeito de fornecer informações privilegiadas sobre dívidas de royalties a dois escritórios de advocacia e uma empresa de consultoria a municípios com crédito do Compensação Financeira pela Exploração de Recursos Minerais (CFEM) junto a empresas de exploração mineral. A mulher de valadares também foi presa. O filho do governador do Pará, Simão Jatene (PSDB), também está entre os suspeitos.