Pazuello quer renovar testes de Covid vencidos e diz que já comprou com "validade emergencial"

Em audiência no Congresso Nacional nesta quarta-feira (2.dez) o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, disse que “está caminhando” a análise da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) sobre a prorrogação da validade de cerca de 7 milhões de testes RT-PCR que estão encalhados em armazém do governo federal.

“Essa validade pequena seria e será renovada”, disse Pazuello.  A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), entretanto, informou em nota oficial ainda aguardar informações “para subsidiar a análise e deliberação sobre o caso”.

Pazuello afirmou que o produto entrou no Brasil com uma validade “emergencial”, de oito meses, mas que a “validação” do novo tempo de uso está em discussão “há muito tempo”. A Anvisa, porém, afirma que a validade foi definida pela própria fabricante do teste, o laboratório coreano Seegene. A agência ainda diz que não há decisão sobre a extensão da validade.

O MINISTÉRIO DA SAÚDE JÁ COMPROU COM A VALÍDADE CURTA. E SE A ANVISA NÃO PUDER ALTERAR A VALIDADE?

POR QUE OS TESTES NÃO SÃO DISTRIBUÍDOS PARA SEREM USADOS DE IMEDIATO? O QUE NÃO FALTA SÃO PESSOAS DESEJANDO FAZER O TESTE.