Jorge Roriz – Jornalismo de Excelência

Pentágono busca entender origens dos Objetos voadores não identificados (OVNIs)

Um alto funcionário do governo americano, disse nesta terça-feira (17), que as Forças Armadas dos EUA estão comprometidas em determinar as origens de “fenômenos aéreos não identificados”.

“Sabemos que nossos militares encontraram fenômenos aéreos não identificados e, como os UAPs representam riscos potenciais de segurança de voo e segurança geral, estamos comprometidos com um esforço concentrado para determinar suas origens”, disse Ronald Moultrie, subsecretário de Defesa dos EUA para inteligência e segurança. A afirmação foi feita no Congresso americano

Moultrie participou ao lado de Scott Bray, que é o vice-diretor de inteligência naval da Defesa americana do subcomitê de inteligência da Câmara dos Deputados.

Há 11 meses antes dessa audiência, um relatório documentou mais de 140 casos de fenômenos aéreos não identificados, que pilotos militares relataram observar desde 2004.