Pezão entra na justiça contra ministro da justiça

O ministro da justiça, Torquato Jardim,  disse que os comandantes da PM do Rio de Janeiro  são sócios do crime organizado.

O governador do RJ, Luiz Fernando Pezão, assinou documento judicial questionando o ministro sobre acusações feitas contra a segurança pública do estado. Ação já foi remetida ao Supremo Tribunal Federal.

 

O comando da PM no Rio decorre de “acerto com deputado estadual e o crime organizado.” Mais: “Comandantes de batalhão são sócios do crime organizado no Rio.”…

“Eu cobrei do Roberto Sá e do Pezão”, relata Torquato. Entretanto, os interlocutores do ministro reiteraram que se tratou de um assalto. E o ministro: “Ninguém assalta dando dezenas de tiros em cima de um coronel à paisana [em verdade, o oficial da PM estava fardado], num carro descaracterizado. O motorista era um sargento da confiança dele.”…afirmou o ministro.

Fonte: Josias de Souza:

Leave a Reply