PF afirma que Gleisi recebeu R$ 885 mil em propina na Lava Jato

A Polícia Federal concluiu no inquérito em que investiga a senadora e presidente do PT, Gleisi Hoffmann (PT-PR,).
Segundo a PF a presidente nacional do PT recebeu R$ 885 mil de um esquema de corrupção alvo da Lava Jato.

No relatório final o delegado Ricardo Hiroshi Ishida cita cinco repasses de valores que teriam sido recebidos pela senadora que é acusada de ter cometido crimes de corrupção, lavagem de dinheiro e falsidade ideológica.

O esquema criminoso envolvendo a empresa Consist, segundo a PF, teria desviado cerca de R$ 100 milhões de contrato assinado quando Paulo Bernardo, marido da presidente do PT, era ministro do Planejamento.