Jorge Roriz – Jornalismo de Excelência

PF indicia Palocci e Odebrecht por corrupção

A Polícia Federal indiciou o ex-ministro Antonio Palocci (fazenda e Casa Civil/Governos Lula e Dilma) por corrupção passiva, o  ex-assessor, Branislav Kontic, o casal de marqueteiros do PT João Santana e Mônica Moura, o empreiteiro Marcelo Odebrecht, e Juscelino DouradoPalocci

INDICIADOS DA OMERTÀ:

(i) ANTONIO PALOCCI FILHO como incurso nas penas do crime previsto no artigo 317, caput, do Código Penal em concurso material;

(ii) JUSCELINO ANTONIO DOURADO como incurso nas penas do crime previsto no artigo 317, caput, do Código Penal em concurso material;

(iii) BRANISLAV KONTIC como incurso nas penas do crime previsto no artigo 317, caput, do Código Penal em concurso material;

(iv) JOÃO CERQUEIRA DE SANTANA FILHO como incurso nas penas do crime previsto no artigo 1º da Lei nº 9.613/1998;

O INDICIAMENTO

A Força Tarefa descobriu que  entre  2008 e o final de 2013, foram pagos mais de R$ 128 milhões ao PT e seus agentes, incluindo o ex-ministro.

Segundo a PF, Palocci  aparece na à planilha  com o nome de “italiano”

João Santana foi o marqueteiro das campanhas presidenciais de Lula (2006) e Dilma (2010 e 2014).

Ainda segundo a PF, Palocci e de seu ex-chefe de gabinete Branislav Kontic , receberam   propinas pagas pela Odebrecht, dentro de uma espécie de ‘caixa geral’ de recursos ilícitos entre a citada empreiteira e o PT