PGR QUER SALVAR A PELE DE FLÁVIO BOLONARO

PGR QUER SALVAR  A PELE DE FLÁVIO BOLONARO

A Procuradoria-Geral da República enviou parecer ao Supremo Tribunal Federal (STF) pedindo a rejeição da ação movida pelo Ministério Público do Rio contra a decisão que concedeu foro privilegiado ao senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ) e transferiu a investigação do caso Queiroz para o Órgão Especial do Tribunal de Justiça do Rio, onde os deputados fluminenses são julgados.

No documento, o vice-procurador-geral da República, Humberto Jacques de Medeiros, defende que quando o Supremo delimitou a questão do foro privilegiado ‘ficaram a descoberto diversas situações fáticas não pensadas e não contempladas no caso então em exame’, entre elas a de parlamentares eleitos de maneira ininterrupta e para casas legislativas diversas. É o caso de Flávio Bolsonaro, que emendou o mandato de deputado estadual com o de senador.