Jorge Roriz – Jornalismo de Excelência

Plantão de Notícias

MOTOCIATA

Bolsonaro em Manaus, hoje, sem capacete: “Motociclistas aqui presentes: muito obrigado por essa gigantesca motociata que acabamos de realizar, dando mais luz e vida a esse momento de adoração”, [Momento de adoração a quem? A ele?]

BOLSONARO NÃO VAI ENTREGAR A FAIXA PRESIDENCIAL

“Se ele não quiser entregar a faixa, o próprio povo vai entregar a faixa para o próximo presidente da República”, diz o ex-presidente Lula sobre o atual chefe do Executivo, Jair Bolsonaro. Declaração foi feita pelas redes sociais.

CASO DOM E BRUNO PEREIRA.

Subiu para oito o número de suspeitos de envolvimento na morte do indigenista Bruno Pereira e do jornalista inglês Dom Phillips, segundo investigação da polícia. Três homens já foram presos e um deles confessou o assassinato.

De acordo com o G1, as investigações concluíram que outros cinco homens ajudaram a enterrar os corpos do jornalista e do indigenista. A polícia não revelou os nomes dos suspeitos, mas eles devem ser indiciados pelo crime de ocultação de cadáver. Entretanto, eles devem responder às acusações em liberdade, já que o crime prevê uma pena inferior a 4 anos.

KASSIO NUNES – O MINISTRO QUE EM TODAS AS DECISÕES VOTA COM OS INTERESSES DE BOLSONARO

Kassio Nunes Marques, ministro do Supremo Tribunal Federal (STF),  FIEL ESCUDEIRO DE BOLSONARO, fez uma viagem bancada por um advogado para Paris no mês passado para assistir à final da Champions League. O “bate-e-volta” foi realizado em um jatinho luxuoso e o custo do passeio foi de, pelo menos, R$ 250 mil. As informações são do colunista Rodrigo Rangel, do site Metrópoles.

O avião, de prefixo PR-XXI, tem como sócio o advogado Vinícius Peixoto Gonçalves, dono de um escritório no Rio de Janeiro. Foi o advogado quem colocou a aeronave à disposição do ministro para a viagem. Gonçalves atua em processos que estão em andamento no STF e já foi acusado pelo Ministério Público Federal como operador financeiro do ex-ministro das Minas e Energia Edison Lobão. O nome de Gonçalves foi relacionado nas investigações sobre pagamentos de propina pagas para a realização das obras da usina nuclear de Angra 3.

Aguarde novas atualizações de Notícias