Plenário do STF vai decidir se Flávio Bolsonaro tem direito a foro privilegiado

Celso de Mello decidiu enviar para julgamento pelo plenário do STF a ação apresentada pela Rede para reverter a decisão do TJ-RJ que concedeu foro privilegiado a Flávio Bolsonaro na investigação das “rachadinhas” na Alerj.

Além da ação da Rede, o Supremo analisa uma ação do MP-RJ contra a decisão do TJ que deu foro especial ao senador, relatada por Gilmar Mendes.

Fonte: Antagonista