PM percorria 46 quilômetros para comprar chocolate na loja de Flávio Bolsonaro

Deve ser mesmo fantástica a loja de chocolates de Flávio Bolsonaro. Nesta quinta-feira, o senador disse que o PM Diego Sodré de Castro Ambrósio ia até seu estabelecimento para comprar doces no fim do ano.

Esta foi a explicação do Zero Um para o depósitos feitos pelo sargento na conta da loja, considerados suspeitos pelo Ministério Público do Rio.

— Ele comprava produtos na minha loja para dar de presente a seus clientes. Eram síndicos dos prédios ali em Copacabana — disse Flávio.

A empresa do sargento Diego tem sede na Rua Santa Clara, em Copacabana. A loja do senador Flávio funciona num shopping da Barra da Tijuca. Para ir e voltar, o PM teria que percorrer 46 quilômetros. Seria uma opção curiosa, porque a mesma marca de chocolates tem outras quatro franquias em Copa.

(…)

O Globo

 

Flávio Bolsonaro nega lavagem e diz que PM comprou R$ 21 mil em chocolate. O quilo do chocolate da Kopenhagen custa, em média, R$ 400,00. Temos então que o PM comprou 52.5 kg de chocolate.

Promotores afirmam que Flavio Bolsonaro é líder de uma organização criminosa