Podemos x Bolsonaro e cheque especial. Entenda

Escreveu no Twitter o presidente Bolsonaro:

“O Partido PODEMOS entrou com uma Ação Direta de Inconstitucionalidade, no STF, contra a cobrança de tarifa no cheque especial. A tarifa faz parte de uma medida para reduzir os juros do cheque especial que passam a ficar limitados em 8% ao mês.”

“Cancelar a medida pela via judicial, seria fazer os juros voltarem a subir para 14%, prejudicando os mais pobres e mais endividados. A quem interessa a ação do PODEMOS? Aos pobres ou aos banqueiros?

 

O QUE BOLSONARO NÃO DIZ É QUE DE ACORDO COM  MEDIDA, AS PESSOAS QUE TIVEREM UM CRÉDITO SUPERIOR A R$ 500,OO TERÃO QUE PAGAR 0,25 DE TAXA, MESMO QUE NÃO USEM O CRÉDITO.

 

Ninguém é contra a medida que  REDUZ A taxa de 14% para 8%. O PODEMOS  e seus parlamentares  também devem usar o cheque

O problema é o Jabuti incluso na medida.