Polícia Federal aceita delação premiada de Mauro Cid

A Polícia Federal (PF) aceitou fechar um acordo de delação premiada com o tenente-coronel Mauro Cid, ex-ajudante de ordens do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL). A decisão porém deve ser discutida pelo Ministério Público Federal (MPF) e homologada pelo Supremo Tribunal Federal (STF). As informações são de Andreia Sadi, da Globo News.

Segundo o portal de notícias, o ex-ajudante de ordens foi “de livre e espontânea vontade” com o seu advogado, Cezar Bitencourt, para o STF no final da tarde desta quarta-feira (6) a fim de confirmar que fará a delação premiada. ( Com informações de Gabriel Souza de O Globo).

 

Pela lei, na delação, o delator é obrigado a dizer informações que a Polícia não sabe e denunciar um superior hierarquico

A DELAÇÃO DE MAURO CID, COLOCA BOLSONARO NA CADEIA.  E TUDO ESTÁ DOCUMENTADO. CID VAI FALAR DOS IMÓVEIS DA FAMÍLIA BOLSONARO NOS EUA E DO PRÓPRIO CID.

 

JORGE RORIZ