Polícia Federal na Câmara dos deputados

A Polícia Federal está no gabinete do irmão de Geddel e dentro da  Câmara. A ação foi autorizada pelo ministro do STF, Edson Fachin. O objetivo da Operação é encontrar provas da ligação do irmão de Geddel com os R$ 51 milhões encontrados em um apartamento em Salvador que estava  alugado  para Geddel.

FORAM ENCONTRADAS IMPRESSÕES DIGITAIS DE LÚCIO VIEIRA NOS R$ 51 MILHÕES

A Polícia Federal já encerrou as buscas em três endereços relacionados ao deputado Lúcio Vieira Lima (PMDB/BA) e ao secretário parlamentar Job Ribeiro Brandão, em Salvador. Os agentes apreenderam documentos e mídias no apartamento do deputado