Presidente da Câmara, Rodrigo Maia, é suspeito de caixa 3

A Polícia Federal aponta índicios de que as Campanhas do presidente da Câmara Federal,,  Rodrigo Maia,m receberam dinheiro de empresas á pedido da construtora Odebrecht.  Essa prática foi batizada de Caixa 3.

A Cervejaria Petrópolis que fabricava a cerveja Itaipava é uma das empresas apontadas como parceira da Odebrecht em Caixa 3. A empresa é acusada de ter participado do esquema.

Nas eleições de 2008, 2010, 2014, foram distribuídos R$ 120 milhões.

A cervejaria Petrópolis teria doado ao DEM R$ 6,2 milhões.

Maia prestou contas de recebimento de uma doação da  empresa Praiamar industria e comércio, que é ligada a cervejaria Petrópolis. A citada empresa doou R$ 200 mil  ao DEM e repassou a Maia.

A Odebrecht construiu as fábricas da cervejaria Petrópolis. As informações são da Folha de São Paulo.

Leave a Reply