Presidente da CPI das Fake News recebeu liberação de verbas para apoiar Arthur Lira

Em matéria exclusiva, o jornal Estadão., denunciou que o senador baiano, Ângelo Coronel  (PSD) recebeu a sinalização do governo para destinar R$ 40 milhões de recursos extras do orçamento para  obras na Bahia; Coronel é o presidente da CPI que investiga as fake news bolsonaristas. A legenda de Coronel , fechou apoio a Arthur Lira (Progressistas-AL) na disputa pelo comando da Câmara e a Rodrigo Pacheco (DEM-MG) no Senado.

Segundo o Estadão, Bolsonaro liberou  repasse de R$ 3 bilhões a 285 parlamentares às vésperas das eleições da nova cúpula do legislativo.

“O PSD, chefiado por Gilberto Kassab, recebeu a maior fatia do bolo disponibilizado pelo governo às vésperas das eleições no legislativo. Foram R$ 600 milhões, 20% dos R$ 3 bilhões.”, informou o Estadão.