Jorge Roriz – Jornalismo de Excelência

Presidente nacional da OAB, defende condução coercitiva

O novo presidente nacional da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), o gaúcho Claudio Lamachia, defendeu nesta sexta-feira, a nova fase da Operação Lava Jato, que teve como alvo o ex-presidente Lula. Para ele, não há “problema algum” na condução coercitiva do petista para depor.

“Nós vivemos em um Estado Democrático de Direito e as nossas normas devem ser cumpridas por qualquer pessoa. Nenhum cidadão brasileiro deve estar isento de responder pelos seus atos se cometeu algum ato ilícito”, disse

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.