Presos vão ficar em casa por falta de segurança nos presídios

Após um pedido da OAB, a justiça de Roraima liberou 161 detentos que possuem prisão no semi-aberto para ficarem em casa até o dia 13/01.
A medida prova a falência do sistema prisional. O motivo alegado: não existe segurança suficiente para garantir a vida dos presidiários no presídio.
A Comissão de Direitos Humanos da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) de Roraima requerimento apontou para a falta de “mínima segurança” para os presos e para os agentes do local. Além do juiz da Vara de Execuções Penais, a decisão é assinada também pela juíza plantonista do local, Suelen Márcia Silva Alves.

OS BANDIDOS SOLTOS NÃO OFERECE PERIGO PARA A POPULAÇÃO?
A PREOCUPAÇÃO É APENAS COM A SEGURANÇA DOS PRESOS?