Jorge Roriz – Jornalismo de Excelência

Prevent Sênior tem hino e lema nazista

CPI pedirá que PGR investigue conselhos de medicina por suspeita de omissão

A advogada Bruna Morato, que representa médicos da Prevent Senior, disse que seu escritório em São Paulo foi invadido por um grupo, depois que foram divulgadas as denúncias contra a operadora.

Segundo ela, os invasores duplicaram os IPs de suas máquinas, levaram documentos e fizeram “um arrastão no prédio”.

“Levaram computador, entraram na minha sala e em outras, pegando também pastas de documentos e colocando em outras, como se fosse uma brincadeira”, disse.

Morato disse que registrou o caso na Polícia Civil de São Paulo e disse que a entrada do grupo, composto por “pessoas bem vestidas”, foi registrada pelas câmeras da recepção do edifício.

“Isso gerou uma intimidação. Não posso afirmar qualquer relação com a empresa (Prevent), mas aconteceu, e desde então tenho me sentindo ameaçada”, disse

A advogada Bruna Morato, representante de um grupo de ex-médicos da Prevent Senior, confirmou, nesta terça-feira (28/9), que a mãe do empresário bolsonarista Luciano Hang, Regina Hang, tomou medicamentos do chamado kit Covid e teve a certidão de óbito alterada.

BRUNA PEDIU PARA QUE SE ALGUM DOS MÉDICOS SOUBER A LETRA DO HINO DA PREVENT SENIOR, CANTADO COM AS MÃOS NO PEITO, QUE INFORME.

A EMPRESA TEM LEMA NAZISTA.

“NÃO É CORAGEM” É MEU DEVER DENUNCIAR E DIZER A VERDADE.

BRUNA MORATO

O lema da empresa é lealdade e obediência”. A mensagem foi apresentada há pouco pelo senador Randolfe Rodrigues após um representante da Prevent Senior enviar aos médicos cobrando da “lealdade”. Senador apontou há pouco relação com concepções nazistas.