Prisão de Anderson Torres foi solicitada pela PF- Não foi ato de ofício de Alexandre de Moraes

Informação importante que complica a situação de Anderson Torres: as férias dele valiam a partir do dia 09/01. Ou seja, viajou para os Estados Unidos sem estar de férias e no dia do terrorismo em Brasília (08/01) era Secretário de Segurança Pública do DF no exercício da função.

Reportagem do UOL confirma que Anderson Torres encontrou-se Bolsonaro nos EUA um dia antes dos ataques em Brasília.

Ao contrário do que muitos pensam, o pedido de Anderson Torres, foi solicitada pela POLÍCIA FEDERAL. ALEXANDRE DE MORAES APENAS ATENDEU O PEDIDO.