Procuradoria pede a prisão de Queiroz e da mulher

Procuradoria pede a prisão de Queiroz e da mulher

Procuradoria pede ao STJ que restabeleça prisão preventiva de Queiroz e de sua mulher

No pedido, apresentado ao tribunal , o subprocurador Roberto Thomé afirmou que não houve ilegalidade na ordem de prisão preventiva do ex-assessor do senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ) e amigo do presidente Jair Bolsonaro.

O representante da PGR argumentou também que Márcia Aguiar, então na condição de foragida da Justiça, não poderia ter sido beneficiada com a domiciliar, segundo a jurisprudência.

Queiroz é investigado pelo Ministério Público do Rio de Janeiro no caso da “rachadinha” na Assembleia Legislativa fluminense.

Com fim do recesso, habeas corpus de Queiroz fica sob responsabilidade de Fischer e ele voltou a ser internado
a decisão de colocar Queiroz na cadeia, pode atrasar.