Jorge Roriz – Jornalismo de Excelência

Proibição do financiamento reduziu doações à metade

A proibição do financiamento empresarial resultou em redução de mais da metade do valor arrecadado por candidatos, segundo informou neste domingo, 30, o presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Gilmar Mendes.

O total de doações eleitorais foi de R$ 6 bilhões em 2012 para R$ 2,8 bilhões neste ano. “Ninguém pode negar que a campanha eleitoral se tornou mais barata. Houve significativa redução da presença do dinheiro na campanha, esse é um dado positivo. Se isso é replicável para 2018, isso é algo que se responde depois”, afirmou.

“O que me leva a acreditar que o sistema vai mudar? A Lava Jato. Os parlamentares estão num quadro de fragilidade, acossados. Eles estão expostos. Se não é um deputado, é um companheiro do partido, é o partido que é acusado de ter recebido dinheiro.”

“A única segurança é dar outro perfil ao sistema político”. Gilmar, também afirmou que o STF está sobrecarregado porque “meio Congresso é investigado”.