Jorge Roriz – Jornalismo de Excelência

Promulgada a lei que autoriza fusões partidárias

Depois que a Câmara dos Deputados e o Senado derrubaram uma série de vetos do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), o chefe do Executivo nacional promulgou a lei que autoriza a formação das federações partidárias. Assim, as siglas podem se unir para atuar como uma agremiação partidária, devidamente registradas pela Justiça Eleitoral.

A fusão é traz um benefício democrático porque evita que partidos pequenos possam ser extintos. E eles vão se unir para formar novas siglas. O presidente foi contra, mas seus vetos foram derrubados pelo Congresso.