Propina para o PT é como seguro obrigatório de automóvel

TEM QUE PAGAR, MESMO QUE NÃO QUEIRA……….

Em depoimento prestado ao  corregedor-geral da Justiça Eleitoral, ministro Herman Benjamin, o lobista Zwi Skornicki disse que foi feito o pagamento em contas no exterior de US$ 4,5 milhões em nove parcelas a  marqueteira , Mônica Moura, mulher do marqueteiro João Santana.  O casal é responsável pelo marketing  das campanhas eleitorais de Dilma Rousseff em 2010 e 2014.

“É como se o senhor fizesse um seguro de carro: o senhor não quer nunca usar, mas paga. Basicamente era dessa forma”, afirmou o lobista em depoimento prestado no mês passado, no âmbito do processo que pode levar à cassação da chapa que elegeu Dilma Rousseff e Michel Temer em 2014.

“Simplesmente o senhor Vaccari (João Vaccari Neto, ex-tesoureiro do PT) disse: eu preciso pagar à senhora Mônica cinco milhões de dólares. Então o senhor tira da minha conta corrente, vou dar o seu celular para ela e ela vai entrar em contato contigo e vocês se acertam”, afirmou Skornicki.

A PF perguntou se existia uma ameaça caso o pagamento não fosse feito. O lobista respondeu: “O senhor sentia subliminarmente que, realmente, existia alguma coisa por trás. Que se não participasse, alguém… um outro faria o gol no meu lugar. Quer dizer, no lugar da Keppel.”