Recurso de Cardoso é palhaçada: STF não vai se meter

 



Os ministros Celso de Mello, Luiz Fux e Gilmar Mendes até já decidiram, em ações anteriores, não interferir em decisões do Congresso

Segundo professor Thomaz Pereira, a ação contra o impeachment “foi anunciada durante todo o processo”, mas é “improvável” prosperar.

“Não há possibilidade de o STF aceitar o recurso”, diz o professor Ivar Hartmann: “A Constituição é clara. O impeachment não será revertido”.

Já em abril de 2016, o STF também negou por 8×2 um ação da Advocacia-Geral da União que pretendia liquidar o impeachment. (informações Diário do Poder)