Rejeitado, Feder decide declinar de convite para o MEC

Rejeitado, Feder decide declinar de convite para o MEC

O secretário de educação do Paraná, Renato Feder, desistiu do convite pelo presidente Jair Bolsonaro para comandar o Ministério da Educação (MEC). Neste domingo, Renato Feder publicou em suas redes sociais que recebeu ligação do presidente na quinta-feira, mas que declina do convite.

Pressionado por militares e Olavistas, Bolsonaro não vai indicar Feder para ministro da Educação. Para ficar mais elegante (não dizer que foi descartado), ele disse que não aceita o convite. NO DESGOVERNO CONTINUAMOS SEM MINISTRO DA EDUCAÇÃO E DA SAÚDE.