Jorge Roriz – Jornalismo de Excelência

Rejeitado o pedido de processar Alexandre, Bolsonaro recorre ao PGR

Relator do caso na corte, Dias Toffoli rejeitou o pedido do presidente de processar Alexandre de Morares, na tarde desta segunda- feira. Após a rejeiçao, o presidente Bolsonaro apresentou, nesta quarta-feira, uma representação na Procuradoria-Geral da República (PGR) que tem como alvo o ministro Alexandre de Moraes. A base é a mesma que o presidente colocou na ação que apresentou ao Supremo Tribunal Federal (STF), na qual acusa o ministro de abuso de autoridade.

No documento encaminhado à PGR, Bolsonaro afirma que o ministro teria realizado “sucessivos ataques à democracia, desrespeito à Constituição e desprezo aos direitos e garantias fundamentais”.

O PGR NADA PODE FAZER. QUEM PROCESSA O MINISTRO DO STF É O STF. BOLSONARO QUER APENAS FAZER DEBOCHE COM A JUSTIÇA E DESVIAR O FOCO DOS GRANDES PROBLEMAS QUE O PAÍS VIVE

“Considerando-se que os fatos narrados na inicial evidentemente não constituem crime e que não há justa causa para o prosseguimento do feito, nego seguimento”, escreveu Toffoli ao rejeitar a decisão. Moraes não se manifestou sobre a ação.