Relatoria da cassação de mandato de Dilma deve ir para Fux ou Gilmar

A indicação do relator da ação de impugnação de mandato da presidente Dilma e do vice Michel Temer no Tribunal Superior Eleitoral é o centro da disputa, agora, entre governo e oposição na guerra.

Os analistas de ambos os lados excluem do páreo os dois advogados com assento no tribunal. A expectativa é de que o escolhido seja um dos cinco que votaram pela abertura da investigação, o que também excluiria a ministra Maria Thereza de Assis Moura, que foi voto vencido. Como o ministro Herman Benjamim, substituto de João Otávio Noronha, não participou do processo, ele também é considerado carta fora do baralho. Sobram os três representantes do Supremo – Dias Tofolly, Gilmar Mendes e Luiz Fux. Como presidente do TSE, Tofolly também é descartado. A escolha, portanto, deverá ser entre Gilmar e Fux.

Fonte: Fato Online

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.