Rússia pula etapas e sua vacina pode prejudicar os voluntários

Rússia pula etapas e sua vacina pode prejudicar os voluntários

Cientistas de vários países dizem que a corrida precipitada às vacinas contra o novo coronavírus, que provoca a doença covid-19, pode ter um efeito negativo, noticia hoje a agência de notícias AP.

A Rússia anunciou estar prestes a ser o primeiro país a aprovar uma vacina contra a covid-19 e planeja vacinações em massa já em outubro,

Preocupa-me que a Rússia esteja saltando etapas pelo que a vacina que aí vem pode não ser eficaz, mas também ser insegura”, disse Lawrence Gostin, especialista em direito de saúde pública da Universidade de Georgetown (Washington, Estados Unidos).

“Não funciona assim… Os ensaios veem primeiro. Isso é muito importante”, disse, citado pela AP.

A Organização Mundial de Saúde (OMS) já alertou que todos os candidatos a uma vacina devem passar pelas fases completas de todos os testes.

Lawrence Gostin disse também que oferecer um composto não seguro aos trabalhadores médicos da “linha da frente” pode piorar a situação. “E se a vacina começasse a matá-los, ou a colocá-los muito doentes?”, questionou.

O ministro da Saúde russo, Mikhail Murashko, disse que as pessoas dos grupos de risco, como os trabalhadores da área da saúde, podem ter a vacina ainda este mês. Mas não esclareceu se essas pessoas fazem parte da Fase 3 do estudo.