Saiba como ajudar o programa Prato Amigo

Saiba como ajudar o programa Prato Amigo

O Prato Amigo tem feito a diferença para entidades beneficiadas pela iniciativa. Fundado nos Barris, em 2013, e relocado para sua nova sede, entregue pela Prefeitura há poucos dias na região da Polêmica, em Brotas, o espaço funciona como um banco de alimentos, fazendo serviços de coleta e distribuição de produtos do gênero alimentício para entidades que atendem pessoas em situação de vulnerabilidade socioeconômica.

Gerido pela Secretaria de Promoção Social e Combate à Pobreza (Sempre), o programa conta atualmente com pouco mais de 20 empresas e organizações engajadas na ação. Mensalmente, beneficia 25.6 mil cidadãos e cidadãs ligados a 320 entidades que cuidam de pessoas carentes na cidade.

Já foram arrecadadas, desde 2013 até julho passado, 1.374 toneladas de alimentos. Na lista das instituições contempladas pelo Prato Amigo está o Núcleo de Assistência Comunitária (NAC), nos Mares, que atende 105 crianças e a adolescentes, entre 5 a 17 anos, portadoras de autismo e com dificuldades em aprendizado.

Segundo a presidente do NAC, Teca Lima, as doações contribuem demais para alimentação das pessoas assistidas pela instituição. “Semana passada, por exemplo, recebemos leite e massas que ajudaram muito nas refeições. O Prato Amigo tem nos ajudado a contribuir com refeições das pessoas que frequentam nossa casa e até mesmo moradores da nossa comunidade”, afirma.

A instituição voluntária conta com apoio de um grupo de 56 voluntários nas áreas de psicologia, serviço social, educadores sociais, nutricionistas, psicopedagoga, entre outros profissionais. As doações oriundas do Prato Amigo também fazem a diferença para as 75 famílias dos pacientes atendidos pelo Instituto Vencendo o Câncer, em Monte Serrat.

A presidente da entidade, Genivaldete Jesus, explica que, desde 2017, a ajuda tem sido muito bem-vinda. “Para nós é uma ajuda vital, muito importante mesmo. Há três anos me cadastrei e comecei a receber a ajuda. Os alimentos que vem de lá são distribuídos com os pacientes e suas 75 famílias”.

Doações – Parceira do Prato Amigo desde a fundação do projeto, o Disk Bananas doa bananas e maracujás. Na opinião da sócia administradora da empresa, Neyse Lobo, o projeto é um importante elo entre o doador e os locais onde existe a necessidade. “Aqui na Ceasa, por exemplo, existe uma grande quantidade de produtos jogados no lixo diariamente. Produtos que não são vendidos, mas estão em bom estado para consumo. Muitos comerciantes não possuem tempo, logística, disposição, interesse em levar esses produtos para quem necessita. E aí o Prato Amigo busca a doação e ensina aos que recebem a melhor forma de aproveitar ao máximo os itens recebidos”, comenta.

Ainda segundo a parceira do projeto, a empresa distribuidora de frutas atuante desde 1998 sempre fez doações. “Doamos porque podemos e queremos compartilhar um pouco do que temos com quem não tem muito. Nós somos uma empresa familiar e dividir o que se tem com o outro foi um ensinamento passado de pai para filho. Há anos, meu pai doava para o Prato Amigo e hoje seguimos esse legado”, conta.

Nova estrutura – A nova unidade do Prato Amigo entrou em funcionamento no dia 16 de setembro, quando foram entregues 10 toneladas de alimentos para 70 instituições, com cerca de 3,2 mil beneficiadas. Interessados em doar ou instituições que desejem ser beneficiadas pelo programa precisam entrar em contato com a unidade através do telefone (71) 3328-1345. Existem critérios que precisam ser seguidos nos dois casos.

A sede do Prato Amigo funcionava na Ladeira dos Barris, em uma estrutura menor que a atual. A nova sede foi construída com recursos da Prefeitura, com investimento de R$ 1,8 milhão. O equipamento conta com um galpão com 580 metros quadrados, câmara fria para armazenar congelados com 20 metros quadrados, além de espaços setorizados e estruturados para recepção, triagem, higienização e armazenamento dos alimentos.

Fonte: Secom

Fotos: Valter Pontes/Secom