Se Bolsonaro quiser prosperidade econômica precisa valorizar o respeito ao Meio Ambiente

O eleito presidente do Brasil Jair Bolsonaro (PSL) precisa demonstrar que leva o Meio Ambiente à sério ou o Brasil não terá sucesso nas exportações. A fusão do Ministério do Meio Ambiente e da Agricultura foi um sinal negativo para o mercado internacional.

“Os nossos recursos naturais proveem serviços ambientais que garantem que setores importantes no país como o agronegócio e energia continuem produzindo e contribuindo para o PIB brasileiro”, declarou André Nahur, coordenador de Mudanças Climáticas do WWF Brasil.