Jorge Roriz – Jornalismo de Excelência

Senador Álvaro Dias defende investigação nos empréstimos do BNDES

Alvaro Dias expôs, no Senado, o tamanho dos repasses do Tesouro Nacional e do FGTS e FAT para o BNDES fazer sua política de empréstimos: R$ 716 bilhões. Esse dinheiro foi emprestado a empresas e países a juros bem inferiores aos pagos pelo Tesouro e quem está arcando com o custo dessa diferença é o trabalhador e o contribuinte. “Com o caixa robusto, o BNDES se tornou uma poderosa instituição de financiamento, com alta ingerência do governo do PT em sua política de empréstimos. Essa política tornou o BNDES um atraente espaço onde instalar a corrupção”, disse Alvaro Dias, que defende que seja realizada uma investigação minuciosa nos empréstimos do banco.

Fonte#ADComunicação, publicado no perfil do Facebook do Senador Álvaro Dias.