Senadores estão reclamando do afastamento do colega pego com dinheiro na cueca

Senadores estão reclamando do afastamento do colega pego com dinheiro na cueca

Davi Alcolumbre, presidente do Senado, procura ter apoio dos parlamentares e dos ministros do STF para se manter no comando da Casa.. Nos grupos de WhatsApp de parlamentares, tem sido amplo o apoio ao senador  Chico Rodrigues, afastado do cargo pelo ministro do STF, Luis Barroso.
Alcolumbre não sabe se agrada ao STF ou se agrada aos parlamentares que estão revoltados com o afastamento ilegal do colega.

A decisão monocrática do ministro Fux de afastar o senador Chico Rodrigues, foi considerada afronta ao Parlamento. Por lei um Senador não pode ser afastado sem autorização dos senadores.

“Afastar um senador por decisão monocrática e antes da denúncia não tem guarida na Constituição. Ministro não pode estar preocupado só com “likes”, mas com a Constituição”, afirma Marcelo Ramos (PL-AM).

“A conduta do senador Rodrigues tem de ser apurada e, se comprovada como ilegal, ser duramente punida, mas dentro dos limites da lei e da Constituição”, completa Ramos.

Ângelo Coronel (PSD-BA), por exemplo, chamou a decisão de “afoita” e “midiática”. Mecias de Jesus (Republicanos-RR) classificou o afastamento do colega de “fato institucional da maior gravidade”. Até a oposição entrou no meio: Jean Paul Prates (PT-RN) disse concordar com os colegas no grupo.

“Não tem nada que desabone Chico Rodrigues. Espero que o Davi realmente tome providências e dê amparo legal ao nosso amigo e companheiro”, disse em áudio no grupo de senadores Vanderlan Cardoso (PSD-GO).