Sérgio Moro manda executar a prisão de Lula

O juiz federal Sérgio Moro deu prazo até esta sexta-feira, 6, ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) para se apresentar “voluntariamente” à Polícia Federal em Curitiba, base da Operação Lava Jato. Em despacho desta quinta-feira, 5, Moro estipulou a Lula que se apresente até as 17 horas.

A determinação de que Lula fosse preso imediatamente após o embargo do TRF4, foi feita no dia do julgamento do TRF4. Posteriormente os embargos foi julgado e recusado.

Na primeira sessão do julgamento do HC no STF foi concedida uma estranha liminar de proteção para que Lula não fosse preso até que o HC tivesse a conclusão do julgamento. O STF informou isso para o TRF 4. Cármen Lúcia fez a comunicação.
Acontece que após o pedido do HC ter sido ontem julgado e recusado, voltou a vigorar a ordem anterior de PRISÃO IMEDIATA. ( porque a liminar de proteção de Lula perdeu a validade)

ESPECIALISTAS, JURISTAS, AFIRMARAM QUE ERA NECESSÁRIO ESPERAR OS EMBARGOS DOS EMBARGOS E A PUBLICAÇÃO DO ACORDEM.
E ISSO EU ERRONEAMENTE DIVULGUEI, ASSIM COMO OS PRINCIPAIS JORNAIS E SITES DO PAÍS.
ACONTECE QUE MORO, NÃO ENGOLIU A CONVERSA FIADA DOS “ESPECIALISTAS” E MANDOU EXECUTAR A PRISÃO DE IMEDIATO.